Caracteriologia

Temperamentos controlados pelo Espírito Santo

“Tendo por certo isto mesmo, que Aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até o dia de Cristo Jesus” Filipenses 1:6

O temperamento é o conjunto básico de nosso ser; é a combinação de diferentes características, transmitidas geneticamente, as quais inconscientemente, controlam nosso procedimento. Devido à diferença dos temperamentos, as pessoas poderão ter reações ou comportamentos diferentes perante a mesma situação.

Certa vez ouvi, sabiamente, alguém dizer: “nas melhores pessoas encontramos os maiores defeitos e nas piores pessoas, as maiores virtudes”.

Conhecer nosso próprio temperamento é fundamental para que possamos buscar uma canalização positiva  de nossas atitudes advindas do temperamento e o fortalecimento das nossas qualidades. As pessoas podem ser classificadas em quatro grupos de temperamentos: SANGUÍNEO, MELANCÓLICO, COLÉRICO e FLEUMÁTICO.

SANGUÍNEO

Qualidades – Comunicativo, destacado, entusiasta, afável, simpático, bom companheiro, compreensivo, crédulo.

Defeitos – Fraco de ânimo, volúvel, indisciplinado, impulsivo, inseguro, egocêntrico, barulhento, exagerado,  medroso.

MELANCÓLICO

Qualidades – Habilidoso, minucioso, sensível, perfeccionista, esteta, idealista, leal, dedicado.

Defeitos – Egoísta, amuado, pessimista, teórico, confuso, anti-social, crítico, vingativo, inflexível.

COLÉRICO

Qualidades – Enérgico, resoluto, independente, otimista, prático, eficiente, decidido, líder, audacioso.

Defeitos – Iracundo, sarcástico, impaciente, prepotente, intolerante, vaidoso, auto-suficiente, insensível, astucioso.

FLEUMÁTICO

Qualidades – Calmo, tranqüilo, cumpridor de deveres, eficiente, conservador, pratico, líder, diplomata, bem-humorado.

Defeitos – Calculista, temeroso, indeciso, contemplativo, desconfiado, pretensioso, introvertido, desmotivado.

Porque dissemos: buscar uma canalização positiva  de nossas atitudes advindas do temperamento? Porque na verdade não temos e nem podemos mudar nosso temperamento. Ele faz parte de nosso ser. Mas podemos usá-lo sabiamente e com o controle do Espirito Santo, de maneira tal que até o que parece defeito passa a ser virtude.

Deus nos usa como somos. Por exemplo:

O apóstolo Pedro era sangüíneo. O sangüíneo tem o “sangue quente”. “As falhas de Pedro estavam justamente no calor do seu coração”. Ele exibia calor, intensivamente em suas emoções e ação dinâmica. Ninguém foi tão falante, tão vibrante e tão decisivo como Pedro. Amava ao Senhor intensamente e era o seu companheiro de todas a horas, Mt.17:1, Jo.21:17. Demonstrava publicamente as suas emoções para com o Senhor, Lc.5:1-11; Jo.6:69. Era desinibido e sincero, Lc.5:8. Comunicativo, sempre respondia com entusiasmo às emoções do seu coração, Mt.14:28-29; Jo.18:10; Submetendo suas fraquezas ao Senhor e cheio do Espírito Santo, Deus o fortaleceu, 1Pe.5:10. Através do livro de Atos podemos ver que seus defeitos foram sobrepujados pelas qualidades, que se realçam em poder nas palavras, 1Pe.2:14-40; constância, 1Pe.3:1; coragem, 1Pe.4:13; sabedoria, 1Pe.4:19-20; alegria, 1Pe.5:41; humildade, 1Pe.10:25-26; amor, 1Pe.10:21-28, amabilidade, 1Pe.11:4; fé, 1Pe.12:6; paciência. 1Pe.12:16 e liderança 1Pe.15:7.

Moisés era  melancólico. Muitos personagens da Bíblia demonstraram possuí-lo, mas o mais destacado foi Moisés. Moisés era talentoso At.7:22; abnegado, Hb.11:23-27; perfeccionista (Deus usou essa qualidade para lhe dar os detalhes da Lei, da justiça divina e do Tabernáculo); leal (os livros da Lei, revelam isso) e extremamente dedicado, Ex.32:31-32.        Mas sofria de um complexo de inferioridade que trazia à tona todas as fraquezas do melancólico, Ex. 3:11-13; Ex. 4:1,3,10,13. Muitas vezes se deixava dominar pela ira, Nm.20:9-12 e pela depressão, Nm.11:11-15.  O seu encontro com o Senhor no Monte Horebe e a freqüente busca da sua face, contudo, fizeram dele um homem cheio do Espírito Santo, um líder destemido, e tornou-se “o homem mais manso da Terra”, Nm.12:3. Suas qualidades se destacaram e foi o grande legislador de Israel.

Paulo era  colérico. A principal qualidade do colérico é a força de vontade, que faz dele uma pessoal enérgica, eficiente, resoluta, e um líder cheio de audácia e otimismo. Paulo foi um portador desse temperamento notável, o livro de Atos e suas cartas no-lo revelam. Exemplos: Gl.1:10; Fp.3:10-14; Gl.1:15-18; At.14:19-24. Apesar deste caráter ativo, prático, dinâmico e corajoso, Paulo antes de conhecer a Jesus e receber o Espírito Santo, demonstrou-se um homem cruel, zangado, hostil e amargurado, At.9:1; insensível, At.7:58-59; astucioso e prepotente, At.9:2. Ele testificou de si mesmo, o que vemos em 1Tm.1:12-16. Porem, o enchimento diário do Espírito Santo, a entrega de suas falhas a Deus, 2Co.12:7-10, fizeram dele um líder apto a escrever Gl.5:16-22. Olhando para suas fraquezas, ele afirmou ”Posso todas as coisas naquele que me fortalece”, Fp.4:13.

Abraão era  fleumático. Todas as qualidades do fleumático estavam presentes na vida do fiel Abraão. Ele era pacífico, prático e bem humorado, Gn.13:8-9; leal, calmo e eficiênte, Gn.14:14-16; cumpridor de seus deveres, Gn.14:20; conservador em seus princípios, Gn.14:22-24. Deus o provou em todas as suas promessas, mas ele permaneceu firme na fé. Dele disse Deus: “Eu o tenho conhecido”, Gn.18:19. Todavia, ele apresentava também os  defeitos desse tipo de temperamento. Com o crescimento da sua vida espiritual e submissão a Deus, assumiu suas posições e foi liberto da incredulidade, Hb.11:8-9; do medo, Hb.11:17 e fortalecido na fé, Gn.22:8. Apesar de seu temperamento, o seu direcionamento à Deus, o fez um dos maiores homens que já viveu.

O homem carnal e o cristão imaturo se deixam dominar ou influenciar pelos aspectos negativos do seus temperamentos. Muitas situações difíceis na Igreja, no lar, e na vida secular, são criadas por desconhecimento de nossas fraquezas e falta de um critério espiritual para tomar nova direção.

Todos devemos saber que não somos perfeitos. Contudo, não nos desanimemos Temos apenas que crescer no  amadurecimento em Cristo, Rm.12:1-2; Fp.4:13; Rm.6:11-13.

Todas as pessoas se enquadram em um ou mais temperamentos. À proporção que forem sendo transformados pelo Espírito Santo, os defeitos do seu temperamento serão anulados e sua qualidades aperfeiçoadas.

Deus precisava tanto de Paulo colérico, que teve coragem de chegar diante das autoridades e dizer: “estou falando Daquele Jesus que vocês crucificaram, e que não ficou no túmulo, mas ressuscitou dos mortos”,  como precisava do amor e carinho de João o fleumático, que tratava a todos com palavras doces como: “filhinhos…amados”.  É importante notar que Deus não mudou o temperamento deles, mas canalizou-os, controlando-os com Seu Espírito, fez deles bênçãos. É isso que Ele quer fazer com você.

Deus quer usá-lo como você é:

Se você é  sangüíneo, use sua habilidade de comunicação para falar do reino de Deus.

Se você é melancólico, use toda sua sensibilidade, habilidade e dedicação ao Reino de Deus.

Se você é colérico use toda sua audácia, coragem e eficiência, como Paulo, para falar em qualquer tempo e em qualquer lugar, sobre o Jesus crucificado, mas ressurrecto.

Se você é Fleumático, use seu amor sua maneira carinhosa de ser, para mostrar ao mundo que vive no ódio e no desamor, o amor Daquele que deu o Seu único Filho por nós e que nos amou primeiro.

Deus nos fez como somos. Seja o que você é, e apenas canalize para Deus o seu temperamento.

Deus quer tão somente controlá-lo com Seu Espírito, de maneira tal que tudo em você seja para glória Dele.

Maurício Picarelli, Deputado Estadual

TEMPERAMENTOS CONTROLADOS PELO ESPÍRITO SANTO

pr. Isac de Souza

1. Porque Compreender os Temperamentos?

O Ser humano depois da queda do homem tornou-se muito complexo. Ele tem dificuldade de entender o porquê reage às vezes de modo tão indesejado e também o porquê tem, em alguns casos, dificuldades de entender os outros. Compreendendo a si mesmo o homem poderá compreender melhor os outros. E isto facilitará mais o relacionamento. E o meio de compreender a si próprio passa pelo conhecimento do temperamento que possui. Por isso é importante o crente conhecer o seu temperamento, e com o auxílio do Espírito Santo, descobrir as fraquezas e virtudes do temperamento que possui.

2. Cuidados Especiais Quando se Estuda os Temperamentos

Sempre que se estuda os temperamentos devemos ter alguns cuidados que nos ajudarão num entendimento claro e num julgamento correto do assunto. São eles:
· Não tentar discernir o temperamento dos outros
· Não esconder no temperamento que possui, falhas que podem ser reparadas
· Não considerar um temperamento mal e outro bom
· Não entristecer-se com o temperamento que possui e desejar ter nascido com outro temperamento

3. Uma Mudança Inicial Muito Importante

Uma mudança muito importante para o cristão no estudo de temperamento, é mudar sua linguagem a respeito da definição de jeito de ser. Ao denominar o jeito de ser (que sofre influência do temperamento) não se deve dizer que se possui um gênio. Alguém diz: “aquela pessoa possui um gênio bom… ou um gênio ruim, ou ainda, um gênio difícil”. Gênio é sinônimo de espírito, de demônio, não de temperamento. O salvo em Jesus possui temperamento e não um gênio.

4. O Que Devemos Saber Inicialmente Sobre Os Temperamentos?

Para um bom andamento do ensino sobre temperamentos há algumas coisas que devemos saber de antemão sobre eles. Vejamos:
· Nenhum temperamento foi criado pelo diabo
· Nenhum temperamento é mal ou bom em si mesmo
· Todos os temperamentos foram criados por Deus
· Todo temperamento possui fraquezas e possui virtudes
· As fraquezas do temperamento podem ser vencidas pelo controle do Espírito Santo
· As virtudes do temperamento podem ser lapidadas e melhoradas pelo controle do Espírito Santo
· Em todas as pessoas há mais que um temperamento, e um que predomina sobre os outros
· O inimigo pode influenciar e trabalhar por meio das fraquezas do temperamento do homem
· O estudo dos temperamentos tem aspectos médicos
· Podemos ser mais felizes quando compreendemos nosso temperamento e o entregamos ao controle do Espírito

5. O Que Se Pode Esperar Deste Ensino Sobre Os Temperamentos?

· Saber o que é o temperamento
· Descobrir qual temperamento é predominante em seu comportamento (modo de ser)
· Despertar-se para uma entrega verdadeira do seu temperamento ao controle do Espírito Santo
· Descobrir que os homens de Deus na Bíblia tiveram fraquezas e forças por causa de seus temperamentos
· Descobrir que o Senhor usou as virtudes dos temperamentos dos seus servos e tratou também das fraquezas
· Descobrir que seu temperamento pode ser uma bênção nas mãos Divinas, se ainda não o está sendo

6. O Que É Temperamento?

O temperamento é a combinação de características congênitas que subconscientemente afetam o procedimento do indivíduo. Isto envolve:
· Gens recebidos de nossos avós e pais
· Uma imprevisibilidade

Em palavras diferentes, temperamento é a natureza do homem, que é formada por fatores hereditários e que se encontram profundamente enraizados na pessoa.

7. Uma Rápida Diferenciação entre Caráter, Personalidade e Temperamento

O caráter é o verdadeiro eu. A Bíblia se refere a ele como a “essência secreta do coração”. É o resultado do temperamento natural burilado pela disciplina e educação recebidas na infância, pelos comportamentos básicos, crenças, princípios e motivações.

A personalidade é o sentimento externo de nós mesmos, que pode ser ou não igual ao nosso caráter, dependendo de quão autêntico sejamos.

Em resumo, o temperamento é o que nascemos com ele, o caráter é o nosso temperamento trabalhado pela formação, e a personalidade é a parte externa de nós mesmos.

8. Conheça os Quatro Temperamentos

O homem possui quatro temperamentos básicos. São eles:
· Sanguíneo
· Colérico
· Melancólico
· Fleumático

Estes são os quatro temperamentos básicos com que uma pessoa nasce. Não devemos esquecer-nos que o grau de um temperamento é variável de indivíduo para indivíduo. Por exemplo: Alguém pode ser 40% sangüíneo e 60% melancólico. Ou alguém pode ser 40% sangüíneo, 20% colérico, 25% melancólico e 15% fleumático.

9. As Características Gerais de Cada Um dos Temperamentos

Cada temperamento possui uma característica específica. Vamos observa-las, e depois vamos passar para as virtudes e fraquezas de cada temperamento.

9.1 – Características Gerais do Sangüíneo

1. É exuberante
2. É cordial
3. É eufórico e vigoroso
4. É receptivo por natureza
5. É impressionável
6. Toma decisões na maior parte pelos sentimentos
7. É divertido e contagia os outros
8. É eletrizante e eletriza os outros
9. Sempre tem amigos
10. Sabe sentir as alegrias e dores dos outros com facilidade
11. Possui capacidade de fazer os outros sentir-se importante para ele, e de fato o é
12. Gosta de estar rodeado de pessoas das quais ele é a vida do grupo
13. Geralmente fala antes de pensar
14. É franco e sua franqueza costuma desarmar aqueles com quem fala
15. Sua vida parece excitante e extremamente feliz podendo causar “inveja” em temperamentos mais tímidos
16. Seus modos amistoso e falante fazem parecer mais confiante em si do que na realidade o é
17. Sua amabilidade, sua energia o ajudam a vencer os momentos difíceis da vida
18. Geralmente são bons oradores, conferencistas, vendedores e se saem bem lidando com o público

9.2 – Características Gerais do Colérico

1. É vivaz e ativo
2. É prático e voluntarioso
3. É muitas vezes auto-suficiente e muito independente
4. É tendente a ser decidido e teimoso
5. Tem facilidade em tomar decisões para si mesmo e para os outros
6. Floresce na atividade. Ama as atividades e não precisa ser estimulado, ao contrário ele se estimula
7. Possui muitos planos e idéias, e invariavelmente ambições infindáveis
8. Não vacila sob a pressão do que os outros possam pensar
9. Não se amedronta diante das adversidades, ao contrário, elas parecem encoraja-lo
10. Possui uma firmeza inabalável
11. Freqüentemente obtém sucesso onde outros fracassam
12. É insistente
13. A natureza emocional do colérico, freqüentemente é área menos desenvolvida
14. Ele não se compadece com facilidade dos outros
15. Geralmente não demonstra compaixão com espontaneidade
16. Não se sente à vontade com as lágrimas dos outros
17. Pouco aprecia coisas ligadas a artes, seu valor das coisas está mais no prático
18. É habilidoso em perceber oportunidades e sabe fazer, em geral, uso delas
19. Se tem uma meta pode esmagar indivíduos que lhe estejam bloqueando
20. Muitas vezes é considerado um oportunista
21. Invariavelmente se utiliza das pessoas para atingir seus fins
22. Por causa da sua auto-suficiência se sente muito capaz
23. Geralmente é extrovertido, porém menos que o sangüíneo

9.3 – Características Gerais do Melancólico

1. É geralmente classificado como “hostil e sombrio
2. É um dos mais ricos temperamentos
3. É bem dotado de percepção
4. É analítico
5. É abnegado
6. É perfeccionista
7. É inclinado a ser introvertido
8. Sua disposição de espírito é muito variável
9. Ora pode estar muito alegre, nas nuvens
10. Ora pode estar muito abatido, nas profundezas de seus pensamentos
11. Durante estes períodos ele se retrai definitivamente e pode ser muito hostil
12. É um amigo fiel, mas não faz amizades com facilidade
13. Ele não toma iniciativa de se aproximar dos outros, mas espera que os outros o procurem
14. Por causa de ser perfeccionista não gosta de desapontar ninguém, por isto é leal
15. Tende a ser desconfiado com as pessoas que lhe oferecem apreço
16. Possui grande capacidade analítica
17. Vê com antecedência os perigos de qualquer projeto, por isso não se envolve facilmente em projetos
18. Seu humor oscila muito. Ora está muito feliz, ora está muito triste
19. Quando aceita fazer algo o faz com perfeição, porém este trabalho é seguido de grande depressão
20. Encontra grande significado nas tarefas mais difíceis e sacrificiais
21. É inclinado a ser muito correto em tudo, especialmente no que faz

9.4 – Características Gerais do Fleumático

1. É calmo
2. É frio
3. É bem equilibrado
4. A vida para ele é feliz e descompromissada
5. Jamais parece perturbar-se com nada
6. Raramente explode em risos e também em raiva
7. É o único temperamento coerente
8. Debaixo de sua personalidade fria e calma há grande gama de habilidade
9. É eficiente
10. Sente muito mais emoção do que demonstra
11. Aprecia as belas artes
12. Não lhe falta amigos, pois gosta do convívio social
13. Consegue fazer os outros rirem, mas ele mesmo não solta um sorriso
14. Possui uma incrível capacidade de achar algo engraçado nos outros
15. Possui ótima memória e sua mente é organizada
16. Não gosta muito do jeito desorganizado do sangüíneo
17. Sente uma enorme alegria em jogar um balde de água fria nos planos
18. Tende a ser um espectador da vida e não se envolve em projetos com facilidade
19. Sempre diz: “alguém devia fazer alguma coisa”, mas ele mesmo não faz
20. Quando se envolve, o que é raro, o faz com eficiência
21. É geralmente simpático e de bom coração
22. É também habilidoso para promover paz e conciliação

As Forças e Fraquezas dos Quatro Temperamentos

Agora que já observamos algumas características dos quatro temperamentos precisamos avançar no assunto e conhecer as forças e fraquezas de cada um. Uma advertência! Não seja precipitado julgando que já conhece seu temperamento com base nas características gerais que observou. Temperamento é algo que as vezes está oculto. Vá em frente e analise com calma e com o auxílio do Espírito Santo.

10. As Forças dos Quatro Temperamentos

10.1 – As Virtudes (forças) do Sangüíneo

1. Ele é apreciador da vida, interessa-se por tudo a sua volta
2. É otimista e crê em meio as maiores adversidades
3. É cordial com todos
4. Vive no presente
5. Esquece com facilidade o passado e não pensa muito no futuro
6. Se entusiasma com as pequenas coisas e também com as grandes
7. Se o projeto em que está fracassou estará pronto para começas outro
8. Tem afeição genuína para com as pessoas, é amistoso por natureza
9. Aprecia muito fazer novas amizades e gosta de estar perto das pessoas
10. Sente-se inquieto quando alguém não está feliz e quer faze-lo sentir-se feliz
11. Possui um coração terno e compassivo
12. É o mais sensível as necessidades dos outros
13. É sincero na exposição dos seus sentimentos
14. Ele ama e esquece alguém mais depressa do que qualquer outro temperamento
15. A alegria do sangüíneo tem enriquecido o mundo com um sabor especial

10.2 – As Virtudes (forças) do Colérico

1. É autodisciplinado
2. É autodeterminado
3. É muito confiante em sua própria capacidade – não acha que não vai conseguir
4. É geralmente ousado (corajoso para empreender esforços)
5. É ativo, ama a atividade, porém dá significado a atividade em que está envolvido
6. Força de vontade firme
7. Possui capacidade de seguir em um projeto acirradamente, determinantemente
8. Possui firme propósito de conclusão das tarefas iniciadas
9. Ele acha que seus planos são os melhores, mas seu êxito se deve a determinação
10. Se sente extremamente feliz quando trabalha num projeto
11. Só pensa em termos práticos. Tudo para ele tem que ter valor utilitário
12. Possui forte tendência para liderança
13. Aceitará prontamente a liderança como também se apresentará para liderar
14. É otimista, pois confia em sua própria capacidade o que não o faz desanimar com facilidade
15. Tem gosto pelo que é desafiante
16. Não tem medo de situações difíceis nem de grandes desafios, estes o estimulam ainda mais
17. Possui sentimento pioneiro
18. Não vê, como outros temperamentos, problemas, se concentra no objetivo final
19. Tem confiança que vencerá qualquer dificuldade sejam quais forem
20. A adversidade não o esmorece
21. É alguém de objetivos

10.3 – As Virtudes (forças) do Melancólico

1. É tendente a grande inteligência
2. Possui uma grande sensibilidade para as artes e valores da vida
3. É sensível emocionalmente e por meio de seus sentimentos produz grandiosas análises da vida
4. É adepto entusiasmado do pensamento criativo
5. Possui grande gosto por invenções, descobertas e produção criativa
6. Possui fortes tendências perfeccionistas
7. Possui elevado padrão de qualidade
8. Não aceita uma tarefa que outros fizeram ou ele próprio sem elevado padrão de perfeição
9. Possui grande capacidade de analisar o passado e tirar lições para si
10. Prevê, como nenhum outro temperamento os problemas existentes em um projeto
11. É analítico por natureza
12. Parece ser contra todos e tudo, mas em verdade está vendo problemas com antecedência
13. Possui um gosto por detalhes. Para ele os detalhes são um banquete
14. Possui excelente capacidade para matemática, engenharia, eletrônica, artes e profissões minuciosas
15. São amigos fiéis. Não fazem muitos amigos, mas aos que tem, é fiel a toda prova
16. Cumpre tarefas e prazo com grande precisão e são fiéis ao que prometem fazer como tarefa
17. Não aprecia a evidência. Trabalha mais e melhor quando está só. Não é dado a reconhecimento publico
18. Encontra nas tarefas mais difíceis grande realização e significado
19. Não é desperdiçador de palavras
20. Raramente expões suas idéias e opiniões e quando o faz, será sempre preciso e resumido
21. Por ser profundamente analítico merece ser ouvido

10.4 – As Virtudes (forças) do Fleumático

1. Imperturbável bom humor
2. Uma incrível capacidade de não deixar o infortúnio prevalecer
3. Sabe como ninguém como achar graça em alguma coisa, temperando o ambiente com descontração
4. É altamente qualificado para ser um bom conselheiro
5. Para ele é fácil ouvir os outros em seus problemas, o que é difícil para o sangüíneo e colérico
6. É digno de confiança
7. Cumpre suas obrigações e gosta de cumprir horários
8. É prático e eficiente
9. Trabalha bem sob pressão
10. É analítico e procura um meio fácil de resolver uma situação
11. Trabalha bem e produz em situações apertadas e difíceis que aos outros levariam ao fracasso
12. Também preza a perfeição das coisas. Se alegra com as coisas bem feitas
13. É zeloso e possui um elevado padrão de qualidade
14. É metódico. Ele vê na organização uma maneira de ganha tempo na vida

11. As Fraquezas dos Quatro Temperamentos

Observamos as forças dos quatro temperamentos. Quando controladas pelo Espírito Santo estas forças aparecem e fazem da pessoa uma bênção no mundo. Agora observemos as fraquezas dos temperamentos. Lembre-se que o Espírito Santo, quando permitido pelo homem, opera grande auxílio e controle das fraquezas. Ao ver as fraquezas do seu temperamento não se ponha em desânimo, mas conte com a ajuda do Espírito.

11.1 – As Fraquezas do Sanguíneo

1. Freqüentemente ele é pouco prático e desorganizado
2. É agitado e turbulento
3. É geralmente indisciplinado
4. É pusilânime
5. Está pronto a correr em toda direção sem analisar o quadro todo
6. Tem uma incrível dificuldade de dizer não
7. Adora agradar
8. Não conhece suas limitações
9. É perito em começar as coisas e não termina-las
10. Não é um observador de horários
11. Tende a se esquecer com certa facilidade de compromissos e decisões que tomou
12. É fraco em sua vontade. Decide rápido, mas nem sempre mantém a decisão
13. Não é homem leal e resoluto
14. É egoísta e cada vez mais tende a falar muito de si mesmo e de suas qualidades e feitos
15. Possui uma instabilidade emocional
16. Desanima com facilidade, mesmo sendo um temperamento alegre. Isto se deve a emotividade
17. Tende a desculpar-se sempre de suas fraquezas
18. Sente pena de si mesmo – Autocomiseração
19. Sua natureza ardente pode leva-lo a explodir em ira, mas depois de tê-lo feito esquecerá de tudo
20. Se arrepende com facilidade e prontamente pedirá perdão
21. No campo espiritual o Sangüíneo se arrepende inúmeras vezes pelo mesmo pecado
22. É o temperamento mais tendente a lascívia devido a sua instabilidade emocional
23. É de vontade fraca

As maiores necessidades espirituais básicas do Sr. Sangüíneo são:
1. Abstinência ou autocontrole
2. Paciência
3. Fé
4. Paz
5. Bondade

11.2 – As Fraquezas do Colérico

1. Insensibilidade com os outros – Não se importa de verdade com as pessoas
2. Ira
3. Impetuosidade
4. Auto-suficiência
5. Seus sonhos são muito mais importantes do que tudo
6. Tem uma disposição violenta – muito de sua energia é gerada por esta disposição
7. Explode com facilidade em ira e guarda rancor
8. Sabe-se que é muito vingativo
9. É tendente a ter úlcera (antes dos 40 anos)
10. Entristece o Espírito Santo com sua amargura, ira e rancor
11. Existe uma estranha crueldade no Colérico que o faz passar por cima de todos para atingir seu objetivo
12. Tende a infligir regras para atingir seus objetivos
13. Sua vontade forte o faz lançar-se em muitas iniciativas e se arrepende posteriormente
14. Mas é obstinado e será capaz de continuar até o fim
15. Dificilmente pedirá desculpas e ter que pedir perdão é algo que definitivamente não lhe agrada
16. Muitas vezes falará coisas cruéis, sarcásticas e mordazes (ofensas grosseiras e refinadas)
17. Sua ira nem sempre se manifesta em explosão mais de modo elaborado
18. Por ser autoconfiante pequenas vitórias lhe são verdadeiros castelos de orgulho
19. É arrogante e prepotente e os outros tendem a detesta-lo por isso
20. Embora seja de fato capaz, sua arrogância tende causar antipatia nos outros
21. O colérico vendo a antipatia dos demais, tende a concluir que nada do que faz está satisfazendo os outros
22. Sua disposição auto-suficiente faz com que ele não necessite de ninguém, nem mesmo de Deus
23. Tende a considerar que suas realizações compensem seus erros na trajetória na conquista de seus objetivos

De todos os temperamentos, é o que provavelmente tenha o maior número de necessidades espirituais. Estas necessidades basicamente são:

1. Amor
2. A Paz
3. A bondade
4. A paciência
5. A humildade
6. A benevolência

11.3 – As Fraquezas do Melancólico

1. É egocêntrico em extremo
2. É extremamente inclinado à auto-análise
3. Preocupam-se excessivamente pela sua condição física
4. Tudo que atinge o melancólico é de importância capital para ele. Tudo mesmo
5. Tende a ser hipocondríaco
6. Sua característica egocêntrica pode lhe arruinar a vida
7. Sua natureza sensível leva-o a se ofender com grande facilidade
8. É inclinado a ser desconfiado e dado a “suposições desfavoráveis”
9. Em casos agudos desenvolve um complexo de perseguição
10. Por ser analítico e perfeccionista tende com facilidade a ser pessimista
11. Se concentra muito mais nos problemas do que na vitória
12. Um problema para ele pesa muito mais do que o bem conquistado
13. Ele acha que o resultado final de um projeto não corresponderá o esperado
14. Analisa quase tudo com base nas decepções do passado e tende a concluir que irá se decepcionar de novo
15. Esta visão pessimista o torna inseguro e temeroso porque não deseja se decepcionar
16. Tende a ser crítico como nenhum outro temperamento
17. Espera sempre a perfeição dos outros e se zanga quando não é correspondido nisto
18. Faz tempestades num copinho d’água, pois um detalhe se torna para ele um gigante
19. Tende a considerar os outros que não estão nos seus elevados padrões de perfeição como seres inferiores de mente, e por isso tende ao desprezo dos seus semelhantes
20. Ele é muito crítico com os outros, mas mais ainda consigo mesmo
21. Escolhe muito no namoro, pois analisa o (a) pretendente por meio dos seus elevados padrões de perfeição
22. Muda de humor como ninguém. Ora feliz, ora depremidíssimo
23. Em períodos difíceis fica sombrio e infeliz, o que lhe é muito perigoso
24. Pelo seu desalento, aparentemente sem razão, causa irritação nos outros
25. Ele será evitado por outros nestes momentos e sua natureza sensível o abaterá mais ainda
26. Esta disposição sombria está relacionada com seu egocentrismo. O melancólico deveria dar mais atenção ao louvor à pessoa de Deus. Ele terá no louvor a cura para seu egocentrismo
27. Ele foge da realidade pela prática do devaneio
28. Se prende ao passado para se aliviar do presente, e isto lhe leva a mais perigos da alma
29. A fuga lhe é constante e tal atitude lhe paralisa toda a vontade
30. Tem forte inclinação a ser vingativo
31. Dentro de si mesmo julga muito difícil perdoar a ofensa recebida
32. Exteriormente parece calmo e sossegado, mas interiormente é turbulento e uma animosidade às vezes insana reside nele
33. Pode alimentar este desejo de vingança por muito tempo, mesmo não colocando em prática
34. Ele pode destruir um projeto lindo que ele concorde só porque alguém do grupo ou líder o ofendeu alguma vez no passado
35. Se não controlado pelo Espírito, o que resulta num dos mais habilidosos e produtivos temperamentos, tenderá a desenvolver um comportamento neurótico, desanimado que nem se diverte, nem é tolerado pelos outros

Os melancólicos devem se lembrar que muitos dos mais importantes personagens da Bíblia foram notoriamente melancólicos. As necessidades espirituais básicas dos melancólicos são:

1. O amor
2. A alegria
3. A paz
4. A bondade
5. A fé
6. O autocontrole

11.4 – As Fraquezas do Fleumático

1. É moroso
2. É indolente
3. Parecem quase sempre “arrastando o pé”, pois se sente ressentido em ser forçado à ação
4. Faz o mínimo necessário, pois sua falta de motivação é notória
5. Não tem iniciativa. Não porque não seja capaz, mas porque considera trabalho excessivo
6. É capaz de provocar à ira de quem o quer incentivá-lo
7. Para um sanguíneo entusiasmado, se mostra indiferente e gélido. Para um melancólico pessimista se mostra otimista e enerva melancólico. Para o colérico cheio de projetos derrama um balde de água fria.
8. É egoísta, mas com o passar dos tempos aprende a disfarçar seu egoísmo
9. É obstinado. Rejeita mudanças ao seu redor, pois o forçará a sair do lugar e mexer-se
10. É indeciso. Não por falta de inteligência, mas por considerar que seu plano é mais adequado
11. Sua indecisão se deve também ao fato que ele não deseja pagar o preço em se envolver em algo que pode dar errado ou que lhe exigirá muito de si
12. É tendente a crítica, mas se reserva a faze-la publicamente, mas sim em ambiente fechado

As maiores necessidades do Sr. Fleumático consiste em:

1. Amor
2. Bondade
3. Docilidade
4. Temperança
5. Fé


12. O Homem Cheio do Espírito Santo


Ser cheio do Espírito Santo é uma necessidade não somente pelo fato de que precisamos do Poder Sobrenatural para uma vida de testemunho cristão, mas também pelo fato de que os temperamentos possuem fraquezas que não podem ser superadas apenas pela força de vontade

Na visão do Senhor Deus o homem não precisa sofrer pelas ciladas que as fraquezas dos temperamentos causam. Ele preparou um meio de superar tais faltas, vencendo-as pelo Enchimento do Espírito. Um homem cheio do Espírito não conhece as fraquezas do temperamento que possui. Em lugar deles, recebe nove forças absolutamente novas e espirituais que lhe garantirão plena força. Os nove gomos do fruto do Espírito são, sem substituto, o remédio Divino e eficaz para as fraquezas dos Temperamentos.

O homem deve compreender que se não entregar o controle de sua vida (Temperamento) para o Espírito Santo, poderá viver uma vida hipócrita, com máscaras, infeliz e, sobretudo improdutiva. É de suma importância que o Espírito Santo assuma o controle da vida do crente. Maravilhosos benefícios estão esperando o crente que deseja ser Cheio do Espírito Santo.


O Temperamento Cheio do Espírito Santo

Ser cheio do Espírito Santo, não é somente recebe o poder sobrenatural para operação de maravilhas em Nome do Senhor ou autoridade para testemunhar de modo magnífico. Ser cheio do Espírito é, sobretudo encher-se das qualidades e forças do Espírito Santo que devem demonstrar que somos de Cristo e não somente falamos em Nome dele. Ser cheio do Espírito é manifestar ao mundo as características do caráter de Cristo. Ser cheio é permitir que através de nós o mundo veja a pessoa bendita do Senhor Jesus.

1. Ser cheio do Espírito é um mandamento para todos – Efésios 5:17-21
Todos os crentes devem ser cheios do Espírito Santo. Não é opção, é mandamento.

2. Ser cheio do Espírito não é a mesma coisa que senti-lo
Podemos sentir o Espírito Santo. Especialmente quando Ele se move na igreja. Mas sentir o Espírito Santo e ser cheio Dele são fatos separados. Sentir diz respeito à alegria de perceber, espiritualmente Sua presença e atuação. Ser cheio diz respeito a ser um instrumento humano para demonstrar ao mundo como Jesus Cristo é. Sentir é herança dos filhos. Ser cheio implica em uma atuação ao mundo e às pessoas.

Alguém deve ser considerado cheio do Espírito Santo não quando demonstra sentir a presença Dele, mas quando apresenta o fruto do Espírito em sua vida diária.

3. Ser cheio do Espírito Santo é ver em si mesmo as fraquezas do temperamento serem vencidas
Como já foi observado, a fraqueza de cada temperamento pode ser vencida pelo controle do Espírito Santo. Para cada fraqueza do Colérico o Espírito Santo tem uma maravilhosa virtude para compensar e vencer a fraqueza.
Ser cheio do Espírito é o modo maravilhoso que o Senhor Deus escolheu para imprimir no crente a personalidade de Seu Filho Jesus. Nascemos do primeiro Adão e carregamos todos os seus defeitos e virtudes. Agora Deus quer que sejamos semelhantes ao segundo Adão, e espera de forma especial que tenhamos as virtudes deste segundo Adão que é Cristo.

4. Ser Cheio do Espírito Santo é manifestar o Fruto do Espírito
É pelo fruto que se conhece a árvore. Isto nos ensinou o Senhor Jesus. Se formos de Cristo então todos esperarão frutos dignos da árvore a que pertencemos.
Ser Cheio do Espírito é possuir este fruto. É não ser uma figueira seca, mas, com fruto. Fruto que demonstra a todos nossa origem.


Para Cada Fraqueza do Temperamento um Gomo do Fruto do Espírito

Para o Sr. Colérico é difícil amar ao próximo e se interessar genuinamente por ele. Pleno do Espírito, o se. Colérico receberá e cultivará a virtude do gomo especial do Fruto do Espírito que é o amor.

Para o Sr. Melancólico é difícil crer com facilidade em alguém ou em algo. Porém para este temperamento está reservado o gomo especial da fé (Fidelidade).

Para o ser. Sanguíneo é extremamente difícil manter-se disciplinado e ordeiro. Para ele está reservado o gomo especial do Domínio Próprio.

Para o Sr. Fleumático que se sente ressentido e infeliz na maioria do tempo, lhe está guardado o presente especial do gomo da Alegria.

Para cada fraqueza do temperamento há um gomo especial do Fruto do Espírito.

Deixando o Espírito Santo Encher Sua Vida

Deixe o Espírito Santo enche-lo neste momento tão especial.
Para que isto aconteça observe atentamente o caminho que a Santa Palavra de Deus oferece para que sejamos plenos do Espírito Santo, conforme Efésios 5:17-21.

1. Não vos embriagueis com vinho, em que há devassidão...
O uso do vinho indica um entenebrecimento do entendimento. Um embotamento do sentido. Uma obstrução do pensamento e da vontade.
O crente não deve se envolver com nada que lhe cause o mesmo efeito. O crente não deve-se permitir a embriagar-se com nada que lhe tire os propósitos Divinos em sua vida.

2. Falando entre vós com salmos, e hinos, e cânticos espirituais…

Mais uma vez nos fica claro a importância de uma atitude de louvor. Deus escolheu o louvor como modo de ser Cheio do Espírito. Isto não é maravilhoso? Não é bom? Está ao alcance de todos. Todos podem louvar a Deus em seus corações e assim ser Cheio do Espírito Santo.

3. Dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai…
Um coração grato está mais perto de ser Cheio do Espírito do que um coração murmurante.

4. Sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo.
Estar sujeito aos irmãos e irmãs dentro da Igreja de Cristo é surpreendentemente um meio de ser Cheio do Espírito Santo.


Três Atitudes que o Crente Deve Prestar Atenção para ser Cheio do Espírito Santo

1. A Vontade do Crente deve ser vencida por Deus

A vontade do crente deve ser vencida pelo Senhor. O crente deve pedir ao Senhor para quebrar sua vontade. A vontade humana deve estar completamente disposta a submeter-se ao propósito do Senhor. Caso contrário, o vaso não será cheio. Eis o combate espiritual!

2. A Necessidade de um quebrantamento

Um coração quebrantado não será rejeitado quando pedir algo ao Senhor

3. Uma Decisão determinada

Quem deseja ser Cheio do Espírito Santo deve estar consciente que haverá oposição espiritual constante. Há necessidade de decisão firme, determinada e sem volta. Certamente o Senhor ajudará e concederá o Enchimento do Espírito Santo ao que pede.



Etiquetas: , , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: