A DIMENSÃO ANTROPOLÓGICA DA CATEQUESE

A juventude de hoje perdeu o interesse pela religião—queixam-se em geral os educadores católicos. A religiao crista tal qual se lhe apresenta, parece-lhe insípida, irrelevante, sem sentido. Ela não lhe prende a atenção. Os jovens preferem ler novelas, ouvir rádio, jogar, dar dois dedos de conversa a assistir às aulas da religião. Este desinteresse descamba, por vezes, até em abandono da fé. Quais seriams as raízes deste mal assustador ?

Ha  anos, a preocupação do catequista, em geral sacerdote ou leigo, era ensinar, fria e indistintamente, as verdades da religião católica às tenras crianças da catequese, fazê-las descobrir salteado, a maneira da tabuada pitagórica, as fórmulas quase sacramentais do catecismo.

Mas, embora a memória fresquinha das crianças retivesse algumas dessas fórmulas quiçá estropeadas à força de repetição (faça-se justiça ao zelo, por vezes extraordinário dos sacerdotes e catequistas nesta matéria), a catequese não passava para a vida, martelava e enchia a memória, sim, mas não formava o carácter cristão. A religião era apresentada aos jovens das escolas como uma das múltiplas ciências académicas, como um conjunto de verdades imutáveis, um catálogo de preceitos rígidos, uma descrição de ritos mais our menos estáveis.

Além disso, a catequese tradicional servia-se do método socrático-escolástico, que é estruturalmente dedutivo.

Ora nesta alta hora de diálogo aberto e livre, que é um dos sinais patentes dos nossos tempos, a juventude não tolera a imposição e o autoritarismo de que o método dedutivo inconstestavelmente se ressente.

Recentemente comçou a insistir-se numa nova perspectiva, chamada antropologica. Embora o nome seja novo e altissonante, a perspectiva é evangélica, mas caiu em esquecimento no decurso dos séculos. Reapareceu este fenómeno com os novos vôos do pensamento filosófico. Antigamente a catequese baseava-se na filosofia do ser abstrato e desincarnado ; hoje ela toma como ponto de partida o ser-com-o-outro no mundo, o homem, (Dasein ou Mit-sein) e a partir dele procura compreender todo o mais no Universo.

Esta nova perspcetiva que é humana, existencial, significa uma profunda sensibilidade e abertura à situação humana, aos problemas fundamentais da existência do Homem ; a sua luta contra o meio-ambiente, a sua atitude em relaçao ao trabalho, as suas relações com outros homens, as suas relacões dentro da família, os seus impulsos de amor e ódio, o seu lugar no Universo, a sua luta pela liberdade e integridade, a sua atitude para com a morte. Qual é, em última análise, o sentido de tudo isto para o Homem ?

Doutro lado, investiga-se a maneira como Jesus assumiu e sublimou tudo quanto é humano, e procura-se mostrar como é que estes problemas da existência humana e o facto de Jesus ter assumido a condição humana tornam visível o mistério de Deus e realizam o seu plano salvífico. É aprofundando as íntimas aspirações do Homem que se mostra que o Homem encontra a sua plena realização em Jesus e so em Jesus quando as suas experiências humanas tomam o seu sentido à luz da mensagem cristã.

Esta nova perspective insiste em dois factores importantes: em apresentar um novo estilo da vida cristã, relevante ao mundo contemporâneo e, ao mesmo tempo, fiel aos valores humanos. A preocupação dos carecismos modernos é, portanto, apresentar, em linguagem acessível ao Homem de hoje, a doutrina cristã como Boa Nova, que ilumina as suas experiências e os ajuda a descobrir o verdadeiro significado da Vida. As lições abordam vários temas básicos, que são experiências vividas de todo o Homem, como vida, amor, liberdade, família, trabalho, mistério da dor, guerra e paz, e procuram lançar, duma maneira sistemática, a luz do Evangelho sobre estes problemas fundamentais do Homem.

Etiquetas: , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: